Header Ads

Microsoft tentou comprar produtora de games sociais Zynga, diz site

A Microsoft tentou comprar a Zynga, responsável por jogos sociais como "Farmville", em 2010, de acordo com reportagem do site "Bloomberg". Quem esteve por trás das negociações entre as duas empresas foi Don Matrick, responsável pelo videogame Xbox e que saiu da Microsoft para ser o CEO da Zynga. O anúncio da saída do executivo foi feito em 1º de julho.

O valor da negociação da compra não foi revelado.

O motivo de as negociações não terem dado certo, segundo o site, foi a queda de audiência dos jogos sociais da Zynga, que chegou a ser responsável por quase 12% dos lucros do Facebook. "Farmville" chegou a ter 80 milhões de usuários no início de 2010, no auge de sua popularidade.

A intenção da compra pela Microsoft era incluir os jogos da Zynga no videogame Xbox 360, além de aumentar o suporte destes títulos para o navegador Internet Explorer no próprio console. O Xbox One também teria acesso aos jogos sociais da companhia.

Don Matrick saiu da Microsoft poucos meses antes de um dos principais lançamentos da empresa em 2013, o Xbox One, videogame de nova geração. Na Zynga, ele terá que reverter a situação da empresa, que amarga prejuízos. No começo de junho cortou 20% dos postos de trabalho, fechou a OMGPOP, produtora do game “Draw Something”, e registrou receita 18% menor no primeiro trimestre de 2013, em comparação ao mesmo período de 2012.

Além de ter liderado a área de games da Microsoft, Mattrick também tem passagem pela Eletronic Arts e fundou aos 17 anos a produtora Distinctive Software. Segundo Pincus, essa experiência e ter sido o responsável por franquias como “Need for Speed”, “Fifa” e “The Sims” já seriam o suficiente para credenciar o executivo para o cargo.

“Ele transformou o Xbox em um dos maiores consoles de game em rede do mundo, elevando a base instalada de 10milhões para 80 milhões e transformando esse negócio de profundos prejuízos para lucros substanciais”, disse Mark Pincus, ex-CEO da Zynga.

 Microsoft tentou comprar produtora de games sociais Zynga, diz site

Nenhum comentário