Header Ads

Xbox One: Microsoft esclarece dúvidas sobre conexão constante e jogos usados

A Microsoft liberou oficialmente informações sobre as políticas do seu novo Xbox One, as quais estão causando grande polêmica na internet. Segundo ela, o videogame precisa mesmo se conectar pelo menos uma vez a cada 24 horas ou não será possível jogar nele. Jogos usados podem ser dados ou vendidos apenas uma vez - e somente para amigos. Entenda como tudo funcionará:

Jogos e conexão obrigatória

Segundo a empresa, você poderá comprar seus jogos tanto em disco quanto online no dia do lançamento. Uma vez comprado, você sempre poderá jogá-los em qualquer Xbox, basta estar logado na sua conta da Xbox LIVE. Você pode ir à casa de amigos e jogar o mesmo título da sua casa, pois todas as informações ficam na nuvem.

Porém, o console não roda mais nenhum jogo se ficar desconectado por 24 horas, passando a funcionar apenas para ver TV ou filmes. Se você estiver logado com sua conta em outro Xbox One, esse período é de 1 hora antes de cortar acesso ao seu conteúdo pessoal. No seu próprio console, o conteúdo fica livre para todas as contas de Xbox LIVE que o acessem.

A política de revenda dos jogos ficará a cargo de cada produtora. Algumas poderão permitir que você revenda seus jogos para lojas autorizadas (o que provavelmente inclui apenas Estados Unidos por enquanto), mas nunca diretamente para outros usuários. Empréstimos e aluguel por enquanto não são possíveis, mas a Microsoft está estudando alternativas.

Caso você não queira revender, emprestar ou alugar, mas sim dar o seu jogo para algum dos seus amigos, é preciso que essa pessoa já esteja em sua lista de amigos da Xbox LIVE por pelo menos 30 dias e só é permitido dar o mesmo jogo uma única vez.

Kinect e privacidade

Muitas pessoas estão preocupadas com quanto o novo Kinect do Xbox One pode ver e ouvir. Como o console está sempre conectado à internet, haveria a possibilidade que o Kinect pudesse espionar você? A preocupação foi inclusive levantada pelo comissário federal de proteção de dados da Alemanha, Peter Schaar.

A Microsoft esclareceu que conversas na sua casa e mesmo chats realizados através do Kinect não serão gravados e nem enviados para ninguém. Será possível até mesmo desligar o sensor do Kinect durante alguns jogos ou outras formas de entretenimento caso você não queira ser rastreado de forma alguma.

Quando o videogame está “desligado” na verdade ele permanece ligado em um modo de baixo consumo de energia e surgiu a preocupação que o Kinect poderia continuar rastreando suas ações nesse modo. Porém a empresa disse que quando desligado ele apenas reage ao comando “Xbox On” (Xbox, ligar”).

Dados pessoais como seus batimentos cardíacos ou suas expressões faciais podem ser usadas por jogos, porém são informações protegidas e não sairão do seu Xbox One - a menos que você permita. Sem dúvida será possível se vangloriar de seus feitos publicando-os em redes sociais, mas nada disso será publicado sem que você aprove.

E tenho dito

Talvez temendo repercussão negativa por suas novas políticas, a Microsoft parece não querer mais falar sobre o assunto além de seu site oficial. A empresa cancelou qualquer forma de interação durante a E3 2013, a maior feira de jogos do ano que ocorre entre os dias 11 e 13 de junho em Los Angeles.

A Microsoft ainda apresentará uma conferência para falar sobre seu videogame e os jogos, porém cancelou uma mesa redonda que teria com jornalistas logo após a conferência e ainda proibiu que seus executivos deem entrevistas individuais.

Vale lembrar que o ex-diretor criativo da empresa, Adam Orth, saiu da empresa após bater boca no Twitter com fãs, defendendo a política de estar sempre conectado do Xbox One, antes da mesma ter sido confirmada.

 Xbox One: Microsoft esclarece dúvidas sobre conexão constante e jogos usados

Nenhum comentário