Header Ads

Venda de tablets irá superar a de PCs em dois anos, prevê consultoria

Os tablets irão superar as vendas de notebooks, ultrabooks e outros computadores portáteis ainda neste ano, devido ao declínio do mercado de desktops. Em todo o mundo devem ser vendidos 229,3 milhões de tablets em 2013, 58,7% a mais do que o comercializado em 2012, segundo o relatório divulgado nesta terça-feira (28).

Já o mercado total de PCs (desktops e portáteis) será ultrapassado em 2015. A consultoria reviu sua previsão de vendas de PCs para este ano. A estimativa de queda era de 1,3% no volume de vendas; agora é de 7,8%. Devem ser vendidos 322 milhões de PCs em 2013.

“O que começou como um sinal de tempos difíceis da economia rapidamente se tornou em uma mudança de todo o paradigma da computação global com o mobile sendo o beneficiário principal”, disse Ryan Reith, diretor do programa de análise de mobilidade da IDC.

Segundo Reith, “a ultrapassagem dos tablets marca uma significante mudança no comportamento do consumidor em relações aos dispositivos, aplicações e o ecossistema que o sustentam”.

Para a IDC, os PCs continuarão fortes apenas para o mundo corporativo. A consultoria estima ainda que a participação dos países emergente crescerá cada vez mais para os fabricantes de PCs.

Se em 2012, esses mercados respondiam por 58,8% do total das vendas mundiais, em 2017, serão responsáveis por 63% do total de aparelhos comercializados. Este ano, chegarão a 60%, prevê a consultoria.

Tablets mini

Depois de a Apple lançar o primeiro tablete em 2007, as empresas caminham para oferecer aparelhos a baixo custo. Em 2013, o preço de venda deve cair 10,8% para uma média de US$ 381,00, ao redor do mundo. Em comparação, os PCs custam quase o dobro, US$ 635.

Segundo a IDC, mesmo entre os tablets, uma mudança está em curso. Aparelhos como o iPad tradicional, com tela de 9,7 polegadas, tendem a perder espaço para dispositivos com displays menores, como o Galaxy Tab (Samsung), iPad mini, Kindle Fire (Amazon) e Nexus 7 (Google/Asus).

Enquanto os grandinhos dominavam o mercado em 2011, com 73% do mercado, devem ter sua fatia reduzida para 43% em 2013, prevê a IDC. Com isso, os tablets menores assumirão a ponta com 55%.

 Venda de tablets irá superar a de PCs em dois anos, prevê consultoria

Nenhum comentário