Header Ads

Hackers reclamam de prejuízos após site de pagamento sair do ar

Uma investigação conduzida por autoridades norte-americanas em conjunto com a Costa Rica teria resultado na prisão de um empresário de 39 anos, na Espanha, durante a semana passada. Arthur Budovsky Belanchuk é acusado de ser o responsável pelo site de pagamentos Liberty Reserve, que ganhou notoriedade por permitir pagamentos anônimos. De acordo com o jornalista Brian Krebs, a indisponibilidade do site deixou diversos hackers reclamando de "prejuízos" por não conseguirem receber seus pagamentos.

"Ficou louco? Sabe que alguns de nós perderam mais de 50k (mil) dólares, e você diz para a gente não chorar?", diz um hacker no fórum "Darkode", usado por cibercriminosos para troca de informação.

Nascido na Ucrânia, Belanchuk foi nacionalizado costarriquenho. O Liberty Reserve era registrado na Costa Rica e as investigações no país começaram após uma solicitação de promotores em Nova York. De acordo com o promotor José Pablo González, da Costa Rica, o site era aparentemente financiado com atividades de pornografia infantil e tráfico de drogas.

Belanchuk teria sido o criador de outra empresa semelhante, a GoldAge, nos Estados Unidos. A companhia também foi alvo das autoridades. O Departamento de Justiça norte-americano alegou que a operação da GoldAge teria resultado na lavagem de US$ 30 milhões.

O site do Liberty Reserve foi aparentemente apreendido pelas autoridades e redirecionado para um servidor conhecido como "sinkhole". Um "sinkhole" ("ralo") substitui um servidor operado por um criminoso e registra e analisa toda a comunicação que chega até ele. É semelhante a um grampo em um telefone mudo, porém, diferente de uma pessoa que desistiria da conversa, muitos sistemas automatizados continuam enviando dados apesar da falta de resposta, gerando informações úteis para as autoridades.

O sinkhole é operado pela organização Shadowserver, que afirmou que não poderia comentar o assunto.

Hackers que não querem crer na possibilidade de o Liberty Reserve ter sido realmente derrubado pela polícia dizem que tudo foi orquestrado por concorrentes do site e que o problema seria passageiro.

Um concorrente do Liberty Reserve, Perfect Money, afirmou no sábado (25) que não vai mais aceitar intermediar pagamentos de empresas e cidadãos dos Estados Unidos, mesmo que eles não estejam morando no país.

 Hackers reclamam de prejuízos após site de pagamento sair do ar

Nenhum comentário