Header Ads

Após polêmica, Facebook vai proibir vídeos que mostram decapitações

O Facebook anunciou na quarta-feira (1º) que proibirá os vídeos de decapitações, aparentemente feitos no México, e que eram compartilhados na rede social, ao mesmo tempo que avalia as políticas a respeito deste tipo de conteúdo.

A empresa respondeu desta maneira às críticas recebidas pela decisão inicial de não intervir, quando destacou que os vídeos não violavam suas normas porque eram compartilhados como parte de uma campanha de condenação às decapitações.

"Vamos eliminar os vídeos que foram reportados a nós, enquanto avaliamos nossa política e enfoque sobre este tipo de conteúdo", afirmou o Facebook em um e-mail de resposta a uma pergunta enviada pela AFP.

A polêmica foi provocada por dois vídeos aparentemente gravados no México que também mostravam as armas com as quais foram cometidas as decapitações, como facas e motosserras.

Após polêmica, Facebook vai proibir vídeos que mostram decapitações

Nenhum comentário