Header Ads

Jogos pagos em smartphones devem superar consoles portáteis no fim de 2013, diz IDC

Quando eu era criança, tinha uma pequena mochila em que carregava meu Gameboy da Nintendo, um Game Gear da Sega e dúzias de cartuchos para esses dois portáteis.

As crianças de hoje andam apenas com um smartphone e podem jogar centenas de milhares de jogos num único dispositivo. Mochila ou cartuchos não são necessários.

Essa tendência só vai aumentar. Um relatório divulgado nessa quarta-feira (24) pela empresa de pesquisas International Data Corporation (IDC), concluiu que a compra de games em smartphones e tablets ultrapassaria a de títulos em consoles portáteis até o fim do ano.

O estudo destaca que jogos gratuitos em dispositivos móveis têm ofuscado os games de portáteis --incluindo aqueles feitos pela Nintendo e pela Sony-- já há algum tempo. Nos meses seguintes, os pagos também vão superar os portáteis e crescer rapidamente bem até 2017.

Por muito tempo, produtos como o Nintendo 3DS e o Playstation Vita, da Sony, contaram vantagem sobre os smartphones por causa de gráficos superiores e melhor jogabilidade. Mas os dispositivos móveis de hoje têm memória, poder de processamento e boa resolução suficientes para deixar, muitas vezes, os consoles portáteis para trás.

As pessoas agora podem baixar e atualizar novos jogos sem fios --não é preciso ir a uma loja para comprar cartuchos. Apple, Google e Microsoft também oferecem tecnologias que permitem às pessoas jogarem game num televisor com seus smartphones e tablets.

Lewis Ward, gerente de pesquisas da IDC, declarou que, embora continue fragmentado, com centenas de variações no mercado, o sistema operacional Android, do Google, "está no caminho certo para se tornar uma plataforma de games maciça, principalmente na Ásia e no Pacífico". O iOS, da Apple, já é popular há vários anos.

Ward disse que, se esperam competir com smartphones, Nintendo e Sony têm de explorar novos modelos de negócios, como produtos "freemium" [inicialmente grátis, mas que requerem a compra de adições] ou suportados por anúncios.

A migração para jogos em smartphones e tablets provavelmente irá afetar a confiança que os investidores têm na Nintendo e na Sony. A IDC aponta que o lucro dos jogos móveis e portáteis deve alcançar US$ 23 bilhões em 2017.

Jogos pagos em smartphones devem superar consoles portáteis no fim de 2013, diz IDC

Nenhum comentário