Header Ads

Executivo diz que Google Glass levará um ano para ser lançado

O presidente do Conselho do Google, Eric Schmidt, disse que o óculos de realidade aumentada da empresa, o Google Glass, levará mais de um ano para ser lançado para os consumidores, em entrevista à rádio britânica "BBC Radio 4".

Anteriormente, a previsão do Google era lançar o aparelho em escala comercial no final de 2013. O dispositivo custaria US$ 1,5 mil e seria vendido inicialmente para "poucas pessoas selecionadas".

Desenvolvedores e pessoas que se inscreveram para testar o aparelho e foram selecionadas pelo Google já estão usando o Glass, mas a empresa alerta que quem "revender, emprestar, transferir ou dar seu aparelho a qualquer pessoa sem autorização do Google, o Google se reserva o direito de desativar o aparelho, e nem você nem a pessoa não autorizada que use o dispositivo receberão qualquer tipo de reembolso, suporte ou garantia".

Criadores de aplicativos já estão trabalhando em criar programas para o Glass, que permite acessar a internet, fotografar e fazer vídeos. O usuário enxerga informações por meio de uma pequena tela que fica um pouco acima do olho direito.

O Google revelou especificações sobre os óculos, que vêm em cinco cores, são resistentes e leves. Conforme a companhia, os óculos permitem tirar fotos de 5 megapixels (MP) e fazer vídeos de 720p. O dispositivo tem ainda 12 GB de armazenamento interno e conexões Wi-Fi e Bluetooth.

No fim de março, o Google anunciou que já selecionou 8 mil pessoas que poderão comprar antecipadamente o Glass. Elas começaram a ser notificadas pelo Twitter e pela rede social Google+.

Executivo diz que Google Glass levará um ano para ser lançado

Nenhum comentário