Header Ads

Ação da Apple cai a patamar inferior a US$ 400 durante negociações

As ações da Apple chegaram a cair para um nível inferior a US$ 400 pela primeira vez desde dezembro de 2011 durante os negócios nesta quarta-feira (17), depois que a fraca previsão de receita de seu grande fornecedor Cirrus Logic ter causado preocupações de que o enfraquecimento da demanda por iPhones e iPads estaria pressionando as margens mais do que o esperado.

O papel chegou a cair brevemente abaixo de us$ 400 dólares mais cedo no dia. Às 14h37, contudo, operava em queda de 5,16%, a US$ 404,2.

A Apple já perdeu mais de 40% de seu valor de mercado desde o pico de setembro de 2012, prejudicada por preocupações sobre aumento de concorrência e o efeito dessa competição sobre as já apertadas margens do setor.

A Cirrus Logic, que produz chips analógicos e de áudio para o iPhone e iPad, divulgou na noite de terça-feira previsão de receita de US$ 150 milhões a US$ 170 milhões, bem abaixo da previsão média de Wall Street de mais de US$ 190 milhões.

A empresa disse que terá uma reserva líquida total recorde de estoque de US$ 23,3 milhões, principalmente por causa da menor previsão de um produto de um cliente, o qual não foi identificado.

A Apple vai apresentar seus resultados trimestrais na próxima terça-feira. Analistas dizem que as perspectivas pessimistas da Cirrus Logic dão peso aos argumentos de que o caso de amor dos consumidores com o iPhone está diminuindo, à medida que rivais como a Samsung disputam sua atenção. "É um lembrete do enfraquecimento da demanda e dos desafios em torno das transições do produto" para a Apple, disse Shannon Cross da Cross Research.

Ações da Zynga disparam mais de 14% com novos jogos de apostas

Nenhum comentário