Header Ads

Picape experimental da Mercedes tem seis rodas, 544 cv e muito luxo

Uma proposta ousada: uma picape com seis rodas motrizes, motor de 544 cv, capaz de passar por terrenos absurdamente difíceis, com acabamento de esportivo de luxo.

A Mercedes-Benz está reunindo todas essas qualidades na espantosa G 63 AMG 6 x 6. Com 3,65 toneladas de peso, quase seis metros de comprimento, 2,30 m de altura e 2,10 m de largura – quase um caminhão – a picape tem comportamento extremamente ágil, graças à tecnologia absorvida das versões militares e civis do jipão Mercedes Classe G.

Por enquanto, a G 63 AMG 6 x 6 é apenas um veículo de exposição, do qual só existem dois exemplares. Ele será exibido e demonstrado nos próximos meses, mas a fábrica já o classifica como quase pronto para produção em série.

Componentes de série - Alguns dados do veículo: tração permanente nas seis rodas com reduzida, cinco bloqueios de diferenciais que podem ser acionados em movimento e sistema de controle de pressão dos pneus de 38 polegadas de diâmetro. Tudo para permitir ir – e voltar – até o fim do mundo.

Segundo a fábrica, apesar de sua inédita tecnologia de tração, a super picape não representa um novo desenvolvimento tecnológico. A G 63 AMG 6 x 6 utiliza quase que exclusivamente peças de série, oriundas do Classe G. O motor é um V8 AMG biturbo com 400 kW (544 hp) e 760 Nm de torque e a transmissão é a automática AMG SPEEDSHIFT PLUS 7G-TRONIC conjugada ao sistema de tração dianteira do G 63 AMG. O duplo trem de rodas traseiro da versão 6 x 6 já é usado em versões especiais militares, adotadas pelo exército da Austrália.

Luxo de GT - Molas e amortecedores foram ajustados para as características diferenciadas do modelo com três eixos. O eixo dianteiro utiliza as molas reforçadas de uma versão especial blindada, o primeiro eixo traseiro ganhou molas com carga mais dura e o segundo, molas mais macias. Os amortecedores são pressurizados a gás, usados em ralis.

Por dentro, a G 63 AMG 6 x 6 oferece um ambiente forrado de couro vermelho ou marrom claro. Os quatro bancos individuais com ajustes elétricos são aquecidos e ventilados. O compartimento traseiro é equipado com um console central especial, enquanto o forro do teto e as colunas são revestidos com Alcantara. O painel traseiro tem acabamento em couro. A caçamba, num toque final, é revestida de bambu de alta resistência e traz um santantônio de aço inoxidável.

Não dá para resistir a uma especulação: o modelo quase sobrenatural não será também um balão de ensaio para uma futura picape da Mercedes, voltada para o mercado norte-americano?

Picape experimental da Mercedes tem seis rodas, 544 cv e muito luxo

Nenhum comentário