Header Ads

Curiosity é reativado e volta a operar em Marte após ter defeito, diz Nasa

Problema em software foi identificado no sábado (16), segundo cientistas. Equipamento deve retomar testes científicos nos próximos dias.

O robô Curiosity voltou a operar normalmente em Marte após alguns dias de inatividade, como medida de precaução para resolver um problema de software, informou a agência espacial americana (Nasa).

A retomada foi anunciada nesta terça-feira (19). As atividades científicas também devem ser restabelecidas nos próximos dias, diz a agência. O defeito de software foi identificado pelos engenheiros da Nasa no último sábado (16).

O defeito fez com que o robô entrasse no "modo de segurança", operando com o mínimo de funções ativas nos últimos dias. No final de fevereiro, outro problema havia atingido um dos computadores internos do robô, que teve a memória corrompida.

Os engenheiros dizem haver descoberto como evitar que o erro de software ocorra de novo. "Calculamos que retomaremos as análises de amostras de rochas até o final desta semana", disse Jennifer Trosper, uma das cientistas da Nasa responsáveis pelo Curiosity, à agência internacional AFP.

Os engenheiros da Nasa estão preparando, também, um dispositivo especial para controlar o Curiosity durante grande parte de abril, como precaução para evitar interferências solares, já que Marte deve passar por trás do Sol em relação à Terra, afirma a AFP.

Defeito Assim como satélites, o Curiosity tem dois computadores internos, sendo um deles reserva. Chamados de "Lado A" e "Lado B" pela Nasa, eles são ligados a uma série de equipamentos duplicados. Caso um deles falhe, o outro pode assumir o controle da máquina. O computador "Lado A" foi o que teve a memória corrompida em fevereiro, segundo a agência.

Curiosity é reativado e volta a operar em Marte após ter defeito, diz Nasa

Nenhum comentário